Editora Reflexão

Me dê seu crachá, eu te acompanho até a porta

Autor(a): FLÁVIA GAMONAR 

ISBN:9788580883589

Páginas: 188

Formato: 16,0x23,0

Avaliação:


  • De: R$ 49,90
  • Por: R$ 39,92

ou 10x de R$ 3,99 sem juros no cartão

Comprar

Comprar com 1-Click

Verifique a disponibilidade de chegada do produto

Minha vida profissional parecia estar indo bem até que, em certo momento, as coisas começaram a mudar. Existia um clima diferente no ar, o ambiente havia mudado e eu já não conseguia comunicação com meu chefe. O que era agradável se tornou estressante. O alarme soou quando certa manhã, antes de ir para o trabalho, notei que não conseguia ler uma embalagem de shampoo. Foi assim que um período de licença de dez dias por recomendação da neurologista me fez refletir sobre o que eu estava vivendo no trabalho. Poucas semanas depois de voltar, eu fui demitida e, durante seis meses, fiquei em casa sem conseguir nenhuma oportunidade. Muitos desses dias foram olhando para o teto, deitada embaixo do edredom, desanimada, frustrada e sem saber o que fazer. Sem contatos ou um currículo atualizado, não tinha ideia de como conseguir um emprego de novo, até que decidi perder a vergonha e fazer um post no Facebook perguntando por alguma indicação. Funcionou e eu finalmente voltei a trabalhar. Junto com o novo emprego levei a lição de que, para nunca mais viver aquilo, era preciso me mexer e apostar em um plano B. Ao começar a fazer a gestão de minha carreira e cuidar de minha imagem profissional, descobri que podia usar a rede social corporativa LinkedIn muito além de um currículo. Escrever artigos na plataforma sobre temas variados me deu voz, alcancei milhões de pessoas e atraí oportunidades e convites que me levaram, meses depois, a pedir  demissão para empreender. Do “você está demitida” ao “pedi demissão”, este é um livro sobre o que aprendi nesse processo e nele resgato diversos artigos que escrevi e publiquei no LinkedIn nos últimos anos, agora revisados e atualizados. Um livro sobre carreira, persistência, aprendizados, demissão, recomeço e empreendedorismo, para ajudar quem está vivendo algum des es momentos a descobrir um novo caminho.

 

PALAVRA DA AUTORA:

Ser demitido é sempre traumático, mesmo que você, de algum modo, esteja esperando por essa notícia. Do dia para a noite você praticamente deixa de ser quem era e é obrigado a se despedir não apenas daquele meio, mas de tudo o que um dia pensou que construiria ali. Talvez, porém, mais difícil do que viver isso seja lidar com o dia a dia sem emprego, quando nenhuma resposta vem e já não se sabe mais o que fazer. Nunca imaginei que ser demitida poderia se tornar talvez a maior bênção da minha vida profissional. Eu me redescobri quando percebi que minha vida não se limitava ao meu emprego anterior, que eu podia fazer muito mais do que vinha fazendo. Escrever artigos no LinkedIn, compartilhando conhecimento e aprendizados me deu voz e a sensação de que eu podia ser útil. Foram tantos feedbacks de todos os cantos do mundo, de pessoas que se identificavam com minha história, que eu nunca mais parei. E foi assim que, de completa desconhecida, cheguei às milhões de visualizações e mais de 800 mil seguidores que acompanham o que escrevo. Então, eu precisei escolher. Decidi pedir demissão do emprego que havia conseguido seis meses depois de ser demitida para começar a empreender e aqui compartilho um pouco dessa trajetória e as lições que aprendi, que podem ser úteis a você, não importa o momento que esteja vivendo em sua vida profissional.